5 motivos para assistir The Crown

p12792950_b_v8_aa.jpg

Olá pessoal! Aqui é a Bella e hoje vou indicar mais um seriado para vocês! Já faz algumas semanas que terminei de assistir The Crown, uma série original Netflix. Gostei bastante, e para quem gosta das produções da Netflix, realeza e Inglaterra, essa é a melhor dica para você. The Crown conta a história da Rainha Elizabeth II, a atual monarca da Inglaterra, desde um pouco antes da morte de seu pai George VI até os seus primeiros anos como rainha. É incrível! Acreditem, até recebeu três indicações ao Globo de Ouro este ano, incluindo “Melhor Série de Drama” e de acordo com o produtor Andrew Eaton, seis temporadas com dez episódios em cada uma já estão “garantidas”.

Para convencê-los de que esse seriado vale mesmo a pena, listarei cinco motivos para assisti-l0.

1: Escrito por Peter Morgan

the-crown-season-2-770x433

O roteirista de The Crown foi também quem escreveu o longa premiado, “A Rainha”. Sem dúvida, Morgan capta a essência da realeza e seus roteiros são muito bem trabalhados e envolventes. Em nenhum momento, os episódios pararam de ser interessantes ou seu propósito deixou de ser cumprido, pois em cada um, é possível nos imaginarmos na trama e conseguimos compreender a dificuldade de governar um país e como as decisões da rainha e do gabinete podem afetar a família dela. O drama biográfico de Peter sobre o reinado de Elizabeth II, faz com que o público sinta interesse em conhecer um pouco mais do dia a dia de uma República Parlamentar.

2: Elenco sensacional

thecrownnetflix.jpg

O elenco está repleto de grandes talentos. Não é a primeira vez que Claire Foy, atriz que interpreta a rainha, faz papel de uma monarca. Ficou conhecida por ter atuado em Wolf Hall como Ana Bolena. Para uma atuação magnífica como tem sido até agora, Claire não teve muito preparo para o seu papel na série. Observação constante do comportamento da rainha e leitura cuidadosa do roteiro, tornaram sua performance sensacional e comprovou o porquê foi a escolhida para incorporar a personagem. Quem também se destacou e chamou a atenção foram Matt Smith (intérprete do Príncipe Philip) e John Lithgow (intérprete do Winston Churchill). John Lithgow, que por sinal não é um ator britânico como os outros do elenco, não deixou nem um pouco a desejar e sua interpretação foi impecável (inclusive foi o que mais me comoveu na série). Realmente fez jus a personalidade forte e até fria do lendário primeiro ministro Churchill, que mesmo com problemas de saúde e com idade bem avançada, foi muito dedicado e responsável em relação ao seu cargo político. Esses atores são só alguns exemplos que se destacaram na trama, o que não minimiza o estrelato em relação aos secundários que também foram excelentes mesmo com o pouco tempo em cena ou no “holofote” (quem assistir a série entenderá).

3: Looping

27142.jpg

Embora os episódios estejam em ordem cronológica, há momentos em que acontecem flashbacks  (conhecido como o efeito looping) da infância de Elizabeth II; esses momentos sempre se relacionam com a temática do episódio. Isso é muito bom porque o público tem um panorama tanto do início de seu governo na segunda metade do século 20 quanto de sua infância. Esses flashbacks contêm também momentos entre “Lilibeth” (apelido de Elizabeth) e seu pai, que sempre a ensinou lições importantes sobre o seu futuro reinado. Inclusive os conselhos paternos a ajudaram bastante na hora de tomar decisões importantes durante seus primeiros anos no governo. Afinal, ela não obteve todas as instruções de como era a rotina de uma rainha e nem tinha experiência para lidar com muitas questões políticas. Por isso, o efeito looping é indispensável para compreender a história como um todo.

4: É uma das séries mais caras da Netflix

landscape-1477521714-thecrown-105-3036r2

The Crown é a produção de drama mais cara da Netflix e custou cerca de 100 milhões de euros para recriar desde o vestuário da rainha Elizabeth II à cerimônia de coroação e seu casamento. Se a Netflix investiu tanto nesse seriado para torná-lo real e bem-feito, por que nós também não investimos o nosso tempo apreciando o resultado dessa super produção?

5: É baseada em fatos reais

the-crown-wedding.jpg

O que torna essa série ainda mais interessante, é o fato de ser realmente baseada em situações verídicas. Cada episódio trata de acontecimentos importantes durante os primeiros anos do reinado de Elizabeth II como o casamento real, a coroação, o romance proibido da Princesa Margaret e muitos outros eventos que não vou revelar para não dar spoilers. Para as pessoas que não sabiam das polêmicas e dos acontecimentos na Inglaterra durante aquela época, vão descobrir muitas outras informações. Além de tudo, pode até ajudar na aula de história, pois o seriado não é um documentário e é narrada de uma forma clara e fácil de entender.

Aqui está o trailer, assista sem hesitar!

 

O seriado realmente vale a pena e aborda várias temáticas e gêneros diferentes como drama, história, romance,mistério e o preconceito com mulheres no poder. Ah, e um aviso, o último episódio da primeira temporada vai te deixar louco para saber o que vai acontecer. Mesmo tendo os fatos expostos na internet, não pesquisem o que acontece depois. A graça mesmo é ser surpreendido ao acompanhar a segunda temporada como qualquer outra série. Recomendo sem mais nem menos.

Não se esqueçam de comentar abaixo o que acharam da matéria ou do que acharam da série e se quiserem ficar por dentro de tudo de novo aqui no blog. É só curtir a página do blog, Blogueira Bella, no Facebook ou registrar seu email na newsletter para receber uma notificação toda vez que eu postar algo.

Mil beijinhos<3

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s